Feminino Livre

21/01/2018 00:01:30 por fisl18

Desde o começo, o FISL mostrou uma preocupação com a importância da participação feminina no evento. O FISl é pioneiro no Brasil em ter uma uma política anti-assédio, replicada para vários outros eventos.

O evento é uma oportunidade ímpar de discutir a participação das mulheres no mundo e no mercado de trabalho e incentivar as participantes na busca contínua pelo seu crescimento na área de empreendedorismo e tecnologia da informação.

O FISL incentiva a participação das mulheres ministrando palestras/oficinas, com perfis diversos, tais como desenvolvedoras, ativistas, pesquisadoras, professoras, autoras de livros técnicos e jornalistas, entre outras áreas.  Tudo para gerar boas discussões e compartilhamento de conhecimento.